Saltar para o conteúdo


Martin Gore, um dos membros fundador de Depeche Mode, apresenta um novo EP instrumental e questiona o vínculo humano-animal. Uma boa safra!

Nova obra solo instrumental do compositor Depeche Mode, recentemente incluída no Rock & Roll Hall of Fame. Mágico da música eletrônica, Martin Gore aproveitou o seu confinamento para ajustar suas máquinas e lançar um EP conceitual em torno dos primatas, uma ideia que lhe veio ao adulterar o som de sua voz até “parecer mais com o grito de um bugio ”.

“O que me fascinou foi confundir a linha entre o homem e o animal”, diz ele. Ele entrega-nos cinco títulos industriais em modo menor, dark, com loops hipnóticos, ritmos lentos e tribais, iluminados por algumas melodias fantasmagóricas e nostálgicas.

Os fãs poderão detectar o cheiro de Delta Machine, Black Celebration ou até mesmo no seu primeiro álbum, Counterfeit. Um excelente vinho de um Gore atormentado pelos tempos sombrios em que vivemos e o seu questionamento do vínculo humano-animal.

Este último album está disponível em CD e vinil (blue edition)
Tracklist:
1. Howler
3. Capuchin
2. Mandrill
4. Vervet
5. Howler’s End



A discografia do grupo Depeche Mode é composta por 24 álbuns de estúdio e ao vivo, 10+ álbuns de compilação, 53+ singles, 9+ box sets, 13+ álbuns de vídeo e 70 vídeos musicais.

Albuns e compilações de Depeche Mode

Albuns Edições originais
Speak and Spell - 5 de outubro 1981
A Broken Frame - 27 de setembro 1982
Construction Time Again - 22 de agosto 1983 ...continue a ler "Discografia Depeche Mode"

Show Buttons
Hide Buttons